Postagens

O assassino de ‘A Sangue Frio’ escreveu seu relato da matança

Imagem
Truman Capote teve concorrência no corredor da morte. Antes de ser enforcado, Richard Hickock, um dos assassinos retratados em seu livro A Sangue Frio, escreveu a própria versão da matança da família Clutter.

 Mas o texto, de umas 200 páginas, nunca chegou a ser publicado. Enquanto a reconstituição de Capote, símbolo máximo do Novo Jornalismo, alcançava a glória, o relato que o criminoso fez sobre os mesmos fatos se perdeu ao longo do tempo.

 Para isso contribuiu o próprio Capote. Megalomaníaco e ferozmente competitivo, ao saber da existência do manuscrito tentou comprá-lo e, depois de fracassar, guardou silêncio. Durante meio século, a versão do assassino permaneceu esquecida até que uma investigação de The Wall Street Journal voltou a trazê-la à luz.

Governo lança ofensiva internacional para tentar reverter danos da operação Carne Fraca

Imagem
"O que está sendo investigado neste momento é a conduta de agentes públicos que estavam fazendo a fiscalização. Não temos até o momento nenhum questionamento sobre a qualidade dos produtos que consumimos no Brasil e que exportamos para fora." O argumento do ministro da Agricultura Blairo Maggi foi repetido pelo menos 15 vezes, com pequenas variações nas frases, ao longo da entrevista coletiva de uma hora concedida a jornalistas estrangeiros por telefone nesta quinta-feira.
A repórteres da Irlanda, Espanha, Japão, França, Argentina e agências internacionais, Maggi insistiu, repetiu e reiterou que a operação Carne Fraca lançou holofotes sobre falhas humanas de 33 agentes fiscais, mas que não há dúvidas sobre a qualidade das carnes produzidas e vendidas pela indústria brasileira. A teleconferência internacional foi parte da ofensiva lançada pelo governo em várias frentes para tentar conter as enormes perdas no setor após a operação da Polícia Federal, que colocou sob suspeita 2…

Por que as comparações com nazistas seguem populares nas disputas políticas?

Imagem
Com o acirramento da tensão entre a Turquia e a União Europeia, o presidente Recep Tayyip Erdogan acusou alemães e holandeses de usarem "táticas nazistas" contra os turcos. A tensão entre os dois países tem aumentado desde que autoridades alemãs impediram ministros turcos de fazerem comícios a favor do referendo constitucional de 16 de abril, que pode dar maiores poderes a Erdogan. A evocação ao nazismo provocou revolta entre as autoridades alemãs - a premiê Angela Merkel e o chanceler Sigmar Gabriel afirmaram que o Erdogan havia "ultrapassado os limites" com as acusações. Embora o uso da expressão "alemão nazista" ou mesmo o nome de Hitler não sejam novidade em discussões, recentemente elas voltaram ao debate político em vários episódios internacionais. Durante as eleições americanas, apareceram comparações similares e elas são encontradas facilmente em qualquer meio - do Twitter aos parlamentos de vários países.

Snopes, FactCheck e Politifact: os sites que ajudarão o Facebook a detectar notícias falsas

Imagem
Iniciativa para evitar a divulgação de farsas conta com a participação de agências brasileiras
O Facebook se associou a veículos especializados na confirmação de notícias para evitar a presença de notícias falsas na rede social. O processo seguirá dois passos, como explica a revista Wired: de um lado, os usuários poderão marcar as notícias como falsas para que uma equipe do Facebook revise se estas publicações procedem de veículos reais ou de sites que tentam dar a impressão de sê-lo (por exemplo, bbc.co em vez de bbc.com).Caso a notícia proceda de um veículo real, mas o conteúdo seja posto em dúvida, o Facebook remeterá a informação a veículos que comprovarão se se trata ou não de uma notícia falsa. Caso pelo menos dois desses veículos duvidem da veracidade da informação, as histórias aparecerão marcadas como “questionadas”. Poderão continuar sendo compartilhadas, mas terão menor presença na página principal de cada usuário.No momento, a empresa se associou a cinco veículos, todos mem…

Marte teve água morna, boa para abrigar vida

Imagem
Descoberta inédita do elemento boro sobre a superfície indica um passado em que o planeta poderia ter sido úmido e habitável
Aparentemente, Marte foi um planeta com todas as qualidades para abrigar vida, mas depois se deteriorou. O trabalho de robôs como o Curiosity, da NASA, permitiu saber que o planeta já esteve coberto por oceanos. Entretanto, aconteceu alguma coisa que eliminou a atmosfera daquele mundo vermelho, transformando-o em um deserto. Algumas das explicações mais recentes sugerem que Marte, como agora a Terra, tinha um núcleo de ferro que criava um campo magnético capaz de desviar a radiação espacial. Meio bilhão de anos depois do seu nascimento, o planeta perdeu esta magnetosfera, e sua atmosfera ficou a mercê do vento solar.
Na semana passada, a NASA publicou mais informaçõessolicitadas pelo Curiosity. Pela primeira vez, na encosta da cratera Gale explorada pelo aparelho, foram detectados sinais de boro, um elemento que pode ser indício de que houve em Marte água com as c…

Fifa pune mais uma vez seleção do Chile por homofobia

Seleção chilena terá que pagar R$ 100 mil pelo comportamento de seus torcedores
A Fifa anunciou nessa segunda-feira (19) que a seleção do Chile terá que pagar uma multa e ficará fora do jogos oficiais por causa dos insultos de caráter homofóbicos lançados por sua torcida. Esta não é a primeira vez que o time é punido. A informação é da Rádio França Internacional. A seleção chilena terá que pagar CHF 30 mil (cerca de R$ 100 mil) como sanção pelo comportamento de seus torcedores durante o jogo de 15 de novembro contra o Uruguai. Na partida, a torcida entoou várias canções homofóbicas. Além do Chile, a Fifa decidiu punir outras federações por incitação à homofobia. Argentina, Colômbia, Panamá, Honduras e México estão na lista da federação, além da Romênia do lado europeu. No caso da equipe chilena, esta é a oitava punição pelo mesmo motivo. Desta vez, além da multa, o time, cuja torcida já é chamada pela imprensa local de “a mais homofóbica do mundo”, ficará fora dos jogos oficiais contr…

Homem abre fogo contra mesquita na Suíça e fere 3

Ataque ocorreu em mesquita da cidade de Zurique
Um homem abriu fogo nesta segunda-feira (19) contra uma mesquita de Zurique, na Suíça, deixando ao menos três pessoas feridas, de acordo com a polícia local. As vítimas têm 30, 35 e 56 anos de idade e duas delas apresentam condições graves de saúde. A polícia também encontrou um corpo a poucos metros da mesquita, mas a agência de notícias local ATS não soube informar se há relação com o tiroteio. O corpo foi achado embaixo de uma ponte durante as operações de busca pelo atirador da mesquita, a cerca de 350 metros do atentado. "No momento, não está claro que o corpo é de um indivíduo ou do próprio atirador", disseram fontes locais. Também não há informações sobre as motivações do ataque e nenhum grupo assumiu a autoria dos disparos. A Suíça não tem histórico de terrorismo nem de ligações com operações militares de grande porte. Mas, em 2009, o país gerou polêmica ao aprovar em referendo a proibição da construção de minaretes (pe…

Defesa de Cunha denuncia 'desumana violência psíquica' na Lava Jato

Imagem
A defesa do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirma em petição protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-presidente da Câmara sofre "pressão" e "desumana violência psíquica" para firmar um acordo de delação premiada na Operação Lava Jato. A petição solicitava a suspensão da transferência de Cunha da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba (PR) para o Complexo Médico Penal do Paraná, realizada nesta segunda-feira (19) por determinação do juiz Sérgio Moro. O pedido dos advogados foi distribuído no mesmo dia ao ministro Teori Zavascki.

ANTT autoriza aumento de pedágio em rodovias federais

Imagem
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou na última sexta-feira (16) o aumento das tarifas de pedágio das rodovias BR-381, que liga Minas Gerais a São Paulo (Fernão Dias), e BR-116, que liga São Paulo ao Paraná (Régis Bittencourt). A agência defende que as revisões nos preços buscam manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos firmados entre a ANTT e as concessionárias. Na Fernão Dias, rodovia administrada pela Autopista Fernão Dias, o aumento começa a valer nesta segunda-feira (19). Para a categoria 1 (automóvel, caminhonete e furgão), a tarifa passou de R$ 1,80 para R$ 2,10 em todas as praças. 

Governo soube de delação da Odebrecht antes de divulgação na imprensa

Imagem
O presidente Michel Temer e a cúpula de seu governo tiveram conhecimento do teor da delação de Claudio Mello Filho, ex-diretor da Odebrecht, antes mesmo que a informação chegasse à imprensa, que noticiou envolvimento do primeiro escalão do Palácio do Planalto que atingia, inclusive, o chefe do Executivo. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo desta segunda-feira (19). De acordo com a colunista, Temer soube dias antes da divulgação sobre a citação de seu próprio nome na delação e do envolvimento de alguns de seus auxiliares diretos, dentre eles José Yunes, o então Assessor Especial da Presidência da República, que pediu demissão no dia 14. No depoimento, o ex-executivo da Odebrecht relata repasse de R$ 10 milhões para Temer e para o PMDB tendo Yunes como mediador direto. Em tese, o conteúdo de delações é sigiloso e deveria ser de conhecimento apenas do Ministério Público Federal (MPF), dos delatores autores dos depoimentos e de seus advogados.

anuncio 2